Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Conseguirá o Benfica vencer de novo em Leverkusen?

O jogo de hoje coloca frente a frente duas equipas com estilos semelhantes e valor de mercado semelhante.

O Leverkusen gosta muito de jogar ao ataque, e tem uma defesa que comete muitos erros.

O Benfica é parecido, Jesus adora o ataque, mas por vezes é surpreendido lá atrás.

Embora nos últimos 5 anos de provas europeias o Benfica esteja claramente à frente, é o 5º no ranking da UEFA, enquanto o Leverkusen é o 20º, essa estatística demonstra a experiência, mas não vai jogar em campo.

 

E quanto ao valor de mercado das duas equipas?

Também é semelhante. Segundo o transfermarkt, que analisa o valor dos jogadores e plantéis, o Benfica vale 159 milhões de euros, enquanto o Leverkusen vale um pouco mais, 176 milhões de euros.

Porém, a diferença é curta, o que significa que o valor é parecido.

Se as previsões dos resultados dos jogo tivessem apenas a ver com a economia, a previsão apontaria para um empate, embora com ligeira vantagem dos alemães, por jogarem em casa.

 

Contudo, a Champions é uma prova curiosa.

Apesar de às meias-finais, ou até aos quartos, só chegarem os tubarões maiores da Europa, na fase de grupos os resultados são mais imprevisíveis.

Veja-se, por exemplo, o que se passou com os jogos de ontem.  

Em dois dos jogos, a equipa que valia menos venceu, embora estivesse em ambos os casos a jogar em casa.

O PSG, que vale 392 milhões de euros, venceu por 3-2 o Barcelona, que vale 611 m€.

E, ainda mais notável, o Bate Borisov, que vale apenas 18 m€, venceu por 2-1 o Bilbau, que vale 114 m€!

 

Mas, houve ainda três empates onde o mérito foi todo dos clubes menos valiosos.

O Man. City, que vale 434 m, cedeu um empate por 1-1 contra a Roma, que vale 246 m€.

E ainda mais espectacular, o Schalke 04, que vale 208 m€, foi surpreendido e deixou-se empatar 1-1 com o Maribor, que vale apenas 13m€!

Há ainda a registar o caso do Apoel, do Chipre, que valendo apenas 18 m€, empatou em casa com o Ajax, que vale 77 m€. 

 

Quanto aos outros três resultados, são mais esperados.

O CSKA de Moscovo, que vale 173 m€, perdeu em casa 0-1 com Bayern de Munique, que vale 564 m€.

E o Sporting, que vale 133 m€, sofreu igual derrota por 0-1 contra o forte Chelsea, que vale 444 m€.

Igualmente esperado foi o que aconteceu em Lviv, onde o Shakhtar que vale 172 m€, se deixou empatar por 2-2 com o FC Porto, que vale um pouco mais que a equipa ucraniana, 191 m€.

 

Portanto, não houve ontem uma clara primazia dos mais fortes em termos económicos, e se Bate Borisov, Apoel e sobretudo Maribor conseguiram inverter a força dos valores, não há nenhuma razão para considerar impossível a vitória do Benfica em Leverkusen.

Contudo, se olharmos para o que se passou no jogo onde o valor das duas equipas era mais equilibrado, o Shakhtar-FC Porto, podemos admitir que um empate é também muito provável na Alemanha. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53



Sobre o autor

Domingos Amaral é professor de Economia dos Desportos (Sports Economics) na Universidade Católica Portuguesa. É também jornalista e escritor e tem o blog O Diário de Domingos Amaral.


Contacto

oeconomistadabola@gmail.com

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D