Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foram recentemente publicados os números do primeiro ano da Benfica TV.

Com lucros de 17 milhões, receitas que chegam aos 28 milhões e custos de 11 milhões, o canal do Benfica conseguiu superar os 300 mil assinantes logo no primeiro ano, o que para muitos foi uma grande surpresa.

 

Contudo, logo se levantaram em coro os críticos, garantindo que o negócio foi mau, pois a Olivedesportos/PPTV oferecia 22,2 milhões líquidos por ano.

Esses críticos esquecem um detalhe importante: se o Benfica tivesse aceite a proposta da Olivedesportos/PPTV, os tais 22,2 milhões, o contrato dessa entidade com o FC Porto teria de ser revisto, e a receita dos azuis e brancos subiria automaticamente para 80% da do Benfica, ou seja, para 17,7 milhões de euros, em vez de ficar nos actuais 13 milhões.

É provável que também o Sporting impussesse claúsula semelhante, aumentando também as suas receitas televisivas à conta do Benfica.

Ora, isso não aconteceu. Rejeitando a oferta da Olivedesportos/PPTV, o Benfica impediu que FC Porto e Sporting ganhassem muito dinheiro com os direitos televisivos, e isso foi uma das maiores vantagens da BTV.  

 

Mas, não foi a única. Em 2012/2013, o Benfica facturou cerca de 7,5 milhões de euros em receitas televisivas líquidas dos seus jogos em casa para o campeonato. Na época passada, já com a BTV, esse valor subiu acima dos 17 milhões de euros! Em apenas um ano, o clube mais do que dobrou a sua receita líquida!

 

Outro dos receios que existiam, era que a BTV tirasse espectadores ao estádio da Luz. Porém, isso não aconteceu. Em 2012/2013, o Benfica teve uma média nos jogos da Liga de 42359 espectadores; e em 2013/2014, essa média subiu para 43613 espectadores por jogo. Portanto, com os mesmos 15 jogos em casa, o Benfica teve mais 18810 espectadores do que no ano anterior.

 

Por fim, poucos acreditavam que logo no primeiro ano a BTV conseguisse ultrapassar os 250 mil assinantes. Contudo, a surpresa foi grande. A BTV ultrapassou os 300 mil assinantes, e ainda melhor do que isso, a taxa de mortalidade dos assinantes, ou seja as desistências, foram baixas. 

 

É certo que todos podem dizer que a época desportiva foi excelente, e que isso dificilmente se repetirá. Mas, não é um argumento muito válido. A maioria dos assinantes da BTV não vai desistir tão cedo, e portanto se o Benfica conseguir ser de novo campeão, o que é perfeitamente possível, o número de assinantes só tenderá a aumentar ainda mais, até porque a situação económica portuguesa melhorou um pouco. 

 

Em conclusão: a BTV está a ser uma excelente operação, seja na vertente financeira, seja na vertente política. O Benfica autonomizou-se, ganha muito mais do que ganhava antes, e impede a concorrência de ganhar dinheiro à sua custa. E, com um ano bom desportivamente, poderá rapidamente aumentar os seus lucros, e vir a ganhar bem mais do que Olivedesportos/PPTV oferecia. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:56


7 comentários

Sem imagem de perfil

De hugo Almeida a 04.11.2014 às 15:37

Mais ainda, futuramente a Olivedesportos, que não está bem financeiramente em parte graças ao Benfica, vai ter de oferecer menos ao Porto e ao Sporting, do que paga actualmente! (Isto se não fechar entretanto...)
Sem imagem de perfil

De Rui Martins a 04.11.2014 às 17:21

E há outra questão importante. A SportTV teve perdas importantes nos últimos trimestres. Até quando conseguirá manter os valores que se comprometeu a pagar? Além do mais a PT está em situação complicada e o BES do amigo Ricardo Salgado já não pode financiar.
Sem imagem de perfil

De joão abrantes a 27.02.2015 às 22:33

Mas há algo intrigante e sem fanatismos... mas se o Vieira tem/tinha negócios pessoais importantes com o BES, e se o BES caiu, não irá isso refletir-se no SLB?
É que se alguém do BES "ameaçar" o presidente de que "caso não feche negócio com a olivedespostos" o presidente vai ver os seus negócios pessoais com o BES em "maus lençois", talvez ele pense duas vezes, e pense primeiro em si e depois no grande SLB.
Fica a dica, pois desconfio muito desta malta do "poder" (e não, nós não somos exceção, em Portugal há malandros em tudo que é esquina).
Abraço!
Sem imagem de perfil

De António Madeira a 04.11.2014 às 18:31

Para além de tudo o que diz, quero ver os resultados em 2014 da Sport TV já que cá para mim ainda vão piorar em 2014. http://economico.sapo.pt/noticias/sport-tv-duplica-prejuizo-para-seis-milhoes-de-euros-em-2013_190904.html
Assim sendo, e a longo prazo, certamente a Sport TV terá que fazer novos contratos com SCP e FCP por valores mais baixos para poder reentrar nos lucros.
Sem imagem de perfil

De Rebel a 06.11.2014 às 16:10

Tudo muito bonito mas impedir a concorrência de ganhar mais é um argumento desajustado e antiquado! Primeiro o FCP e SCP são parceiros de negócio! Segundo a oliverdesportos injecta dinheiro na indústria do futebol ou seja quanto mais meter melhor e para todos! Esta análise parece dos anos 80!
Sem imagem de perfil

De lampião a 08.12.2014 às 00:18

além dos argumentos do Domingos Amaral, é necessário ler nas entre linhas, sobre a proposta que a Oliverdesportos fez ao Benfica,,que neste momento já é inferior ao lucro da Btv.:

"Ao que o PÚBLICO apurou, na prática os 111 milhões do novo contrato seriam pagos em sete épocas: em 2011-12, a empresa de Joaquim Oliveira acrescentaria outros 7,5 milhões ao valor que estava previsto no anterior contrato (somando ao todo 15 milhões), em 2012-13, acrescentaria 8,5 milhões (total de 16 milhões) e em 2013-14 pagaria 17 milhões, aumentando depois um milhão de euros por ano até 2018. Neste caso, os 17 milhões de resultado líquido da Benfica TV no primeiro ano da sua nova operação é exactamente igual ao valor que a Olivedesportos teria pago em 2013-2014." in Público

Na prática Joaquim Oliveira propunha os seguintes valores:
2011/2012 - 7,5M€ + 7,5M€ (15M€)
2012/2013 - 7,5M€ + 8,5M€ (16M€)
2013/2014 - 17M€
2014/2015 - 18M€
2015/2016 - 19M€
2016/2017 - 20M€
2017/2018 - 21M€
TOTAL: 111M€ (Acréscimo em 2 épocas + 5 novas épocas)

A BTV já está a ser mais rentável do que os valores que o Benfica receberia por parte da Olivedesportos
Sem imagem de perfil

De Colega do lampião a 08.01.2015 às 12:25

O lampiao já sabe mais que o economista.


Ora bem estou extremamente curioso para saber quantos milhoes de prejuizos terá a Sportv.

Se em 2013 teve milhoes de euros de prejuizos e ainda beneficiou dos jogos do Glorioso até ao final da época de 2012/2013 então imagino em 2014 sem Premier League durante o ano todo e sem jogos do Glorioso na Luz durante o ano todo.


A ver se por fim vemos o final do cancro do futebol português. Para já os contratos abusivos com os clubes vão acabar e os direitos de preferência também. Veremos o que virá a seguir.

Já agora lanço uma mera hipotese, imaginemos que em 2018 entra em jogo a centralização dos direitos televisivos e é escolhido um modelo onde apenas uma entidade transmitirá os jogos. Se a BTV ganhar o concurso era o fim do mundo para a controlinveste :) Já não é do Oliveira já nem se chama controlinveste (mas sim Global Media Group) Enfim que pena....um empresario subjogado ao Pinto da Costa e onde tudo onde se meteu teve como resultado acumular de dívidas de vender, ceder controlo de tudo onde se meteu, vender todas as empresas ...

A olivedesportos é a última que lhe resta. Jogou mal as cartas de que disponha, aliou-se a pessoas que tinham determinados interesses e que se voltaram contra milhões e milhões de portugueses do maior clube do mundo. os benfiquistas já não adquirem produtos desde o Jogo, Jornal de Noticias, Sportv, etc e os números de despedimento reflectem isso mesmo a quebra de negócio e o acumular de dívidas. Enquanto era monopolista tudo bem, quando o poder do SL Benfica entrou em erupção foi tudo por água abaixo...


Curioso que no ano em que o Benfica encontra-se independente ganha tudo em Portugal. Tão curioso como a equipa que tem o maior orçamento normalmente ganha o campeonato não diriam ?

Comentar post



Sobre o autor

Domingos Amaral é professor de Economia dos Desportos (Sports Economics) na Universidade Católica Portuguesa. É também jornalista e escritor e tem o blog O Diário de Domingos Amaral.


Contacto

oeconomistadabola@gmail.com

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D