Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No próximo domingo em Alvalade vão estar frente a frente o segundo plantel mais valioso de Portugal, o do Benfica, e o terceiro mais valioso, o do Sporting.

Segundo o site transfermarkt.pt, que avalia o valor de mercado dos jogadores e das equipas, o plantel total do Benfica vale 151,8 milhões de euros, enquanto o do Sporting vale 133,9 milhões de euros.

 

Porém, se analisarmos apenas os onze prováveis das duas equipas, verificamos o contrário: o do Sporting vale mais que o do Benfica.

Aqui deixo os valores de mercado do Sporting, segundo o site:

Rui Patrício 20 m€, Cedric 7,5 m€, Paulo Oliveira 3,7 m€, Tobias (o site ainda não o avaliou), Jefferson 6 m€, William 20 m€, Adrien 8,5 m€, João Mário 3 m€, Nani 12 m€, Montero 9 m€ e Carrillo 4,5 m€.

O valor de mercado do onze provável do Sporting é pois de 95,2 milhões de euros.

 

Quanto ao Benfica, e admitindo como provável que Júlio César e Gáitan não vão jogar, estes são os valores de mercado dos onze jogadores que devem entrar em campo.

Artur 1,5 m€, Maxi Pereira 9 m€, Luisão 5 m€, Jardel 3 m€, Eliseu 2 m€, Samaris 7 m€, Talisca 4 m€, Sálvio 17 m€, Ola John 8 m€, Jonas 8 m€ e Lima 11 m€. 

O valor de mercado do onze provável do Benfica é pois de 75,5 milhões de euros, claramente abaixo do Sporting.  

Aliás, mesmo que Gaitan jogasse em vez de Ola John (25 m€ em vez dos 8m€ do holandês), o valor de mercado do onze benfiquista subia para 92,5 milhões de euros, ficando muito perto do Sporting, mas mesmo assim ainda abaixo. 

 

Quer isto dizer alguma coisa de importante? 

O valor de mercado das equipas não ganha jogos, e a qualidade desportiva não é a mesma coisa que a qualidade económica. De qualquer forma, o valor de mercado é um indicador do potencial de valorização futura dos jogadores. Neste caso, o Sporting tem jogadores com maiores possibilidades de valorização, como Rui Patrício ou William, que estão na casa dos 20 milhões de euros.

Aliás, dos quatro jogadores mais valiosos que vão pisar a relva em Alvalade, só um é do Benfica, Salvio, os outros três são sportunguistas: Rui Patrício, William e Nani.

 

É claro que podemos sempre dizer que estas avaliações do transfermrkt não são correctas, e que certos jogadores valem mais e outros menos do que o site indica, mas com base nos números actuais do site, é essa a realidade.

É certo que o Benfica lidera o campeonato, mas a verdade é que o jogo será em Alvalade, e o Sporting está em muito boa forma e tem tido uma excelente sequência de jogos para a Liga.

Julgo que por todas estas razões é possível dizer que o Sporting é o favorito para domingo.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:45


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipe P a 06.02.2015 às 13:24

Caro Domingos, esta tese do valor financeiro potencial dos jogadores (embora considere a avaliação errada em muitos jogadores de ambas as equipas) contraria a tese fundamental, que defende, da vantagem de quem investe mais e remunera melhor, caso em que o Benfica leva vantagem. Como acha que se explica, do ponto de vista económico, essa incongruência? Abraço
Imagem de perfil

De Domingos Amaral a 06.02.2015 às 16:29

Caro Felipe, obrigado pelo seu comentário, e pela excelente pergunta. De facto, a correlação mais forte é entre a despesa salarial e a capacidade desportiva de ser campeão, e essa verifica-se em muitos campeonatos. O valor de mercado dos jogadores é uma coisa diferente do salário, e tem mais a ver com características como a idade, o potencial ganho numa futura transferências, etc. Um jogador como Ibrahimovic, que tem mais de 30 anos, tem um salário muito elevado, mas o seu valor de mercado é mais baixo, pois já não tem grande potencial de valorização para uma venda futura. Assim, é possível termos equipas com elevado valor de mercado, mas com salários mais baixos, como é o caso das portuguesas, quando as comparamos com os maiores clubes ingleses, alemães, etc. Portanto, na comparação que faço com base no transfermarkt, é possível o onze do Sporting ter um valor de mercado maior que o do Benfica, e ao mesmo tempo ter um valor salarial mais baixo, ou seja, ter menos capacidade desportiva. Potencial de valorização futura e capacidade desportiva actual não são a mesma coisa.
cumprimentos

Comentar post



Sobre o autor

Domingos Amaral é professor de Economia dos Desportos (Sports Economics) na Universidade Católica Portuguesa. É também jornalista e escritor e tem o blog O Diário de Domingos Amaral.


Contacto

oeconomistadabola@gmail.com

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D