Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ao contrário do que eu temia, a Benfica TV não roubou espectadores ao Estádio da Luz.

A média de espectadores desta época até foi maior do que a da época anterior: 43613 em média por cada jogo, contra os 42356 do ano passado.

É um excelente resultado para o Benfica, pois não só conseguiu lançar e sustentar a Benfica TV, que tem mais de 300 mil subscritores, como conseguiu não perder espectadores na Luz.

 

Até meados da época porém, isso não estava a acontecer, como aqui escrevi.

No entanto, a ponta final do Benfica no campeonato (jogos contra Estoril, Académica, Olhanense e Setúbal) conseguiu fazer subir a média para números que só foram superados no ano de 2010, o primeiro de Jesus, e até agora melhor de sempre em termos de público.

Veja aqui as médias dos últimos sete campeonatos, conforme o site da Liga informa:

 

Época              Média por jogo (15 jogos)

2013-14              43613

2012-13              42356

2011-12              42530

2010-11              38148

2009-10            50033

2008-09              38763

2007-08              38632 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:32

Na jornada deste fim de semana, vários jornais desportivos escreveram que as assistências no Dragão estavam a descer muito, e que isso era um sinal do divórcio entre a equipa e os adeptos.

No entanto, foi uma conclusão precipitada, pois não é verdade que as assistências estejam a descer.

Até agora, e com 9 jogos para a Liga Zon Sagres já disputados em casa, a média de assistências no Dragão é de 30835 espectadores.

Ora, no ano passado, a média para os 15 jogos foi mais baixa, apenas 30278 espectadores.

Não parece pois haver uma grande diferença, e ainda por cima a média não está a baixar, mas a subir. 

 

E, se compararmos alguns jogos, um a um, veremos que essa tendência se confirma.

No FC Porto-Sporting, este ano estiveram 48108 espectadores, enquanto no ano anterior tinham estado apenas 38909.

No FC Porto-Marítimo, estiveram 41009 este ano contra os 27609 do ano passado.

Semelhante fenómeno se passou no FC Porto-Gil Vicente, que este ano levou ao Dragão 36517 espectadores, enquanto o ano passado apenas tinha levado 24202 espectadores.

 

É certo que houve jogos em que o número desceu, comparado com o ano anterior, como foi o caso do FC Porto-Guimarães (32209 contra 35503); o do FC Porto-Braga (31129 contra 31210), mas as quedas são menos fortes do que as subidas.

O que se passou é que FC Porto-Paços se disputou num dia de tempestade, e talvez por isso as pessoas tenham ficado em casa.

O jogo teve apenas 17307 espectadores, o que é pouco, mas não pode ser considerado uma preocupação, pois o ano passado também só tinham estado presente 22703.

 

Em conclusão: o mau tempo afeta mais do que se pensa, e a performance do FC Porto o ano passado não levou mais gente ao estádio do que a performance deste ano tem levado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58


Sobre o autor

Domingos Amaral é professor de Economia dos Desportos (Sports Economics) na Universidade Católica Portuguesa. É também jornalista e escritor e tem o blog O Diário de Domingos Amaral.


Contacto

oeconomistadabola@gmail.com

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Posts mais comentados